Image

EVENTOS

Seminário de Encerramento "Programa de Valorização da Fileira da Pinha/Pinhão"

seminario 2014 valorizacao fileira pinha pinhao

Auditório Municipal de Alcácer do Sal - 28 de Março de 2014

No âmbito da execução do projecto "Programa de Valorização da Fileira da Pinha/Pinhão" uma iniciativa QREN, apoiada no âmbito do INALENTEJO, a UNAC organizou o Seminário de Encerramento no passado dia 28 de Março de 2014, no auditório municipal de Alcácer do Sal, onde foram apresentados os principais resultados obtidos, para além de comunicações na área da Produção e Gestão de Povoamentos, na Valorização do Produto e sobre o Sector e o Mercado do Pinhão, por parte de oradores nacionais e internacionais.

O pinheiro manso é uma das espécies florestais mais interessantes na economia das explorações agro-florestais mediterrânicas. Por essa razão, têm sido realizados elevados investimentos por parte dos produtores florestais, que se traduziram num aumento significativo das áreas de pinheiro-manso (46% em área total entre 1995 e 2010), que totalizam actualmente 175.000 hectares.

A UNAC identificou o Pinheiro Manso como uma das sua áreas de trabalho prioritárias com vista a um aumento na profissionalização desta cultura e à promoção da melhoria da competitividade da fileira da pinha/ pinhão na região do Alentejo.

Não obstante a actual conjuntura de baixa produção de pinha, e que tem gerado preocupação dentro do seio da Fileira, a UNAC considera, no que é uma característica intrínseca a qualquer investimento florestal, que deve ser delineada e executada uma estratégia de médio e longo prazo que permita o desenvolvimento das potencialidades desta fileira.

Após o seminário foi realizada a apresentação do Livro "Receitas com Pinhão", seguindo-se uma Sessão de Degustação de pinhão e produtos à base de pinhão.

Apresentações AQUI

NOTAS PARA OS EDITORES - A UNAC – União da Floresta Mediterrânica representa os interesses dos produtores florestais do espaço mediterrânico português junto das instituições nacionais e europeias, através de uma estratégia de intervenção de cariz técnico-político. Acompanha e analisa todos os processos e iniciativas com relevância e interesse para os seus associados, como é o caso das políticas rurais, florestais, ambientais e fiscais. Através da UNAC, as organizações de produtores florestais do espaço mediterrânico definem posições comuns sobre temas estratégicos e transversais, desenvolvendo contributos e participações válidas, construtivas e tecnicamente fundamentadas. Tem uma área territorial de influência de dois milhões de hectares.

Search